ABB e o avanço da mobilidade elétrica

ABB e o avanço da mobilidade elétrica

Mais que uma tendência, o avanço da mobilidade elétrica é uma forma super eficiente de reduzir danos ao meio ambiente com menos poluentes atmosféricos.

A eletrificação dos transportes como, carros, scooters, bicicletas ou ônibus já é uma realidade em diversos países. Aqui no Brasil, está em crescimento com o desenvolvimento acelerado de tecnologias que possibilitam a redução de custos de diversos materiais, como baterias, por exemplo.

Segundo um levantamento da CPFL Energia, para que o Brasil acompanhe o crescimento de veículos elétricos, o País precisará de cerca de 80 mil eletropostos públicos até 2030. Estima-se que até lá, cerca de 2 milhões de unidades circulantes no país.

Com o avanço na tecnologia de veículos elétricos (VEs), existem basicamente três tipos de carregamento: Carregamento Lento, Carregamento Semi-Rápido e Carregamento Rápido.

Com isso, o maior desafio para o Brasil no avanço da mobilidade elétrica é a criação de um mercado de recarga pública, com eletropostos rápidos e semi-rápidos.

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), abriu uma chamada para o envio de estudos e pesquisas, para ajudar nessa discussão referente a recarga de veículos elétricos. Foram 38 propostas em mobilidade elétrica eficiente, e dentre os projetos, foi oficialmente anunciado, o corredor de carregadores elétricos entre o Espírito Santo e Santa Catarina.

O projeto conta com uma parceria da ABB e diversas empresas do ramo automobilístico e elétrico, onde 30 aparelhos de recarga ultra-rápida serão instalados até 2021. O abastecimento de 80% da bateria de um veículo é feito em 30 minutos.

Um outro projeto de destaque da ABB é a parceria no título da ABB Fórmula E, a classe internacional de automobilismo totalmente elétrico da FIA, com isso, a ABB amplia as fronteiras da mobilidade ao contribuir para um futuro sustentável.

Gostou desse conteúdo? Então, continue sempre de olho no + Perto!



Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.