Entenda a diferença entre circuito em série e paralelo

Entenda a diferença entre circuito em série e paralelo

Equipamentos elétricos e eletrônicos possuem um circuito responsável pelo funcionamento. Conhecer as características e diferenças entre circuito em série e paralelo é muito importante para a aplicação correta, garantindo eficiência e evitando danos à rede ou à segurança.

Esses circuitos são utilizados para distribuir a energia elétrica em residências, indústrias, comércios ou qualquer outro tipo de edificação. Fazem, dessa maneira, a ligação dos dispositivos conforme as especificações. De acordo com a função desejada, os circuitos podem ser formados por diferentes elementos e, também, com diferentes tipos de ligação, como a série e a paralela.

Acompanhe este conteúdo que preparamos para você e entenda as principais informações a respeito desses dois tipos de circuitos.

 

O que é e como funciona o circuito em série?

O circuito em série tem por princípio a ligação dos componentes em sequência, sem a divisão do circuito, ou seja, duas ou mais cargas estão sendo alimentadas por um único caminho. A corrente elétrica faz apenas um caminho e as cargas recebem sempre o mesmo fluxo de elétrons, porém, a tensão pode variar se a resistência das cargas for diferente.

Como exemplo de aplicação desse circuito, podemos citar alguns tipos de pisca-piscas, em que as lâmpadas são ligadas à energia por um único caminho, uma após a outra. Sendo assim, a corrente elétrica vai passando por todas as lâmpadas, com um fluxo contínuo de elétrons. É por isso que, nesses casos, quando apenas uma das lâmpadas queima, todas as outras seguintes deixam de funcionar, pois o circuito foi interrompido.

Uma das principais vantagens da ligação em série é que, com a associação dos resistores, é possível aumentar a resistência total do circuito. Por outro lado, a desvantagem, como vimos, é que quando um ponto não funciona isso interrompe os demais.

 

Quais são as características do circuito em paralelo?

O circuito em paralelo refere-se à ligação de duas ou mais cargas em que há um ponto em comum, de derivação. Ou seja, o fluxo da corrente elétrica é distribuído proporcionalmente para cada carga, conforme a resistência. Nessa ligação, a tensão será sempre a mesma, podendo variar a corrente elétrica devido à diferença na resistência.

Um dos principais locais em que esse circuito elétrico é utilizado é nas ligações elétricas prediais e industriais. Dessa maneira, consegue-se que a tensão em todas as cargas sejam as mesmas.

O benefício dessa aplicação é que, como as cargas são independentes umas das outras, se uma para de funcionar, as outras continuam normalmente. Já o ponto negativo é o fato de o consumo ser maior, uma vez que há mais dissipação de potência.

 

Qual é a diferença entre circuito em série e paralelo?

A principal diferença entre circuito em série e paralelo é a maneira como a tensão e a corrente apresentam-se. A tensão será a mesma em todos os pontos do circuito em paralelo e a corrente poderá variar. Já no circuito em série, é a tensão que pode ser diferente, enquanto a corrente elétrica é a mesma.

Entender as peculiaridades e formas de funcionamento de cada um desses tipos de circuitos é fundamental para quem quer garantir uma ligação elétrica eficiente. Conhecer a diferença entre circuito em série e paralelo e aplicar essa informação de maneira adequada não são tarefas complicadas, no entanto, é preciso ter atenção para realizar um serviço correto e evitar danos.

O que você acha de aprofundar ainda mais seus conhecimentos sobre elétrica? Muito importante, não é mesmo? Então, aprenda o que fazer quando o disjuntor estiver desarmando sozinho.

Seja um afiliado ABB e tenha muitos benefícios! | Saiba mais | ABB



Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.