Conheça 7 ferramentas para arquitetos criarem bons projetos

Conheça 7 ferramentas para arquitetos criarem bons projetos

A arquitetura é um ramo da construção civil que faz uso de muitas tecnologias, trazendo ainda mais realidade às criações e temáticas dos profissionais da área. Exatamente por isso, muitas são as ferramentas para arquitetos. Elas são responsáveis por contribuir com uma melhor execução e apresentação de projetos.

As ferramentas para arquitetos são geralmente softwares que propiciam praticidade, otimizam o tempo e dão aspecto profissional às criações. Possibilitam, ainda, que as ideias sejam representadas de forma mais clara e profissional, além de auxiliar nos cálculos.

Mas qual ferramenta escolher? Realmente, não é uma tarefa das mais fáceis.

Assim, para facilitar sua escolha, listamos as sete ferramentas para arquitetos mais comuns. Com elas, você fará projetos incríveis, ajudando a enriquecer ainda mais o seu portfólio.

1) AutoCAD – uma das principais ferramentas para arquitetos

Esta ferramenta é amplamente utilizada na arquitetura, pois facilita a representação de desenhos arquitetônicos, oferece precisão do desenho industrial e ainda projeta desenhos em 2D e 3D.

Este software não é gratuito, mas é possível utilizá-lo sem custos em uma versão trial (de teste), por um curto espaço de tempo. Porém, se o uso dele for contínuo, fazer uma assinatura paga, com armazenamento na nuvem, pode ser uma ótima opção.

Além disso, a versão móvel do AutoCAD permite que o usuário realize alterações nos projetos feitos na versão para desktop. Com isso, o aplicativo pode ser manipulado em 360º e as mudanças podem ser feitas em um mesmo panorama.

Com todas as suas funcionalidades, esta ferramenta é considerada por muitos arquitetos como uma prancheta eletrônica imprescindível.

Curiosidade: o AutoCAD foi criado, inicialmente, para profissionais que trabalham com engenharia industrial e desenho de peças, mas caiu nas graças de arquitetos.

2) SketchUp – o programador 3D do Google

Muito utilizado por profissionais da área de construção civil para fazer conceituação, visualização, planejamento de projetos e comunicação entre equipes, o SketchUp está disponível nas versões profissional (Pro) e doméstica (Make).

Entre as ferramentas para arquitetos, esta é a que tem como característica uma alta qualidade fotográfica, além de ser de fácil utilização e ampla eficiência. As ferramentas bem desenvolvidas dentro deste software possibilitam elaboração de diferentes formas e volumes, permitindo que os profissionais avancem no que se refere ao tempo e à precisão.

O SketchUp é bastante prático e ajuda os profissionais a desenvolver projetos em todas as escalas. Permite também criar diferentes ambientes, escolher materiais, calcular áreas para orçamentos e ampliar a percepção espacial do projeto.

3) Revit – a ferramenta com maior inteligência em representação gráfica

O Revit é conhecido por ser mais inteligente que todos os programas de representação gráfica, incluindo o AutoCAD. Seu sistema BIM ajuda arquitetos a projetar desenhos muito mais bem elaborados, práticos e precisos, sendo por isso considerado por muitos arquitetos o substituto do AutoCAD.

Este software assume as características de um protótipo e beneficia os usuários com previsões de erros. Com isso, gastos desnecessários e desperdícios durante a execução do projeto são evitados.

4) Archicad – o software de arquitetura mais comum na Europa

Voltado para quem deseja criar projetos de arquitetura e design de interiores, o Archicad funciona com a tecnologia BIM e CAD.

O Archicad é conhecido como uma das ferramentas para arquitetos mais populares da Europa, principalmente em razão de suas características vantajosas, permitindo trabalhar com modelos 3D com riqueza de detalhes e bastante liberdade na criação de desenhos.

Porém, não é um software muito fácil de se mexer nem há muitos materiais a respeito, embora haja plug-ins disponíveis que podem ser usados com ele.

5) Lumion 3D – ideal para que não tem muita expertise em produção de vídeos

O Lumion 3D não faz parte das ferramentas para arquitetos cujo objetivo é a modelagem. Nele, o usuário inclui a modelagem em formato .fbx de outros programas. Seu uso principal é para texturizar, iluminar, inserir objetos, mobiliário, vegetação, carros e pessoas. Para isso, este software conta com uma vasta biblioteca de elementos.

Com a ferramenta, arquitetos podem criar vídeos animados e apresentações diferenciadas, oferecendo uma melhor experiência ao cliente. Mas, para oferecer isso, é preciso ter um processador com memória e placa de vídeo relativamente dedicadas.

Líder de mercado, o Lumion é uma ferramenta de grande valia para arquitetos em simulações 3D profissionais e extremamente realísticas. Ele permite a criação de imagens estáticas e simulação tridimensional, possibilitando a produção de passeios virtuais.

6) Photoshop – interessante ferramenta para o pós-projeto

Esta não é considerada uma ferramenta para arquitetos para o início de um novo projeto, mas pode ser uma excelente mão na roda na pós-produção do projeto, já que possibilita correções de luz, saturação e cor, e a inserção de filtros, aprimorando ainda mais o trabalho.

Com esta ferramenta, o arquiteto entregará projetos com acabamentos mais caprichados e sofisticados.

7) Promob – ideal para desenhar móveis

Esta ferramenta para arquitetos é utilizada para criação de móveis e planejados. Ela permite observar em imagem 3D como ficará o mobiliário no ambiente. Também auxilia com informações precisas da quantidade e tamanho das placas do material a ser utilizado no projeto.

A maior desvantagem dela é que não oferece imagem fotorrealista, mas a exportação para outro programa que realize uma imagem com maior qualidade é permitida.

Agora que você conhece as melhores ferramentas para arquitetos, convidamos você para conhecer o Blog +Perto – Arquitetura e Design.



Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.