Entenda tudo sobre o interruptor dimmer e quando usá-lo

Entenda tudo sobre o interruptor dimmer e quando usá-lo

Com o avanço da tecnologia, cada vez mais dispositivos estão sendo criados para facilitar o dia a dia das pessoas. São itens que incentivam a sustentabilidade, geram comodidade e ainda proporcionam uma boa economia. Um exemplo disso é o dimmer. 

Ao instalar uma iluminação, o usuário pode utilizar lâmpadas que variam a intensidade de luz, deixando o ambiente ajustado às necessidades dele. Com isso, o interruptor dimmer entra em ação para controlar as lâmpadas e fazer toda a regulagem que é preciso no local. 

Gostou da ideia e quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e entenda as principais informações a respeito do tema.

O que é e como funciona um dimmer?

O dimmer é utilizado para regular a energia a ser enviada para determinada lâmpada, fazendo com que haja aumento ou diminuição da intensidade luminosa. Dessa forma, é possível controlar a utilização da luz no decorrer do dia, deixando, por exemplo, uma intensidade menor durante o dia e maior à noite. Além disso, o dispositivo também é bastante utilizado de forma específica em ambientes que necessitam de pouca iluminação ou de forma decorativa.

A maneira como ele funciona baseia-se em resistência nas cargas elétricas. Ou seja, devido à presença de resistores ajustáveis no interruptor, por meio de um botão, é feito o controle da iluminação. Assim, o consumo de energia oferecido pelo resistor faz com que a tensão passada para a lâmpada caia, gerando baixa luminosidade.

Já nos interruptores dimmer mais modernos, o funcionamento não está ligado a resistores ajustáveis. Nesses casos, o dispositivo liga e desliga o circuito para regular o fluxo de energia total. Esse processo ocorre cada vez que a corrente muda de direção. Por causa da tensão baixa passando pela lâmpada, acontece a diminuição da intensidade da luz.

Quais são as vantagens do interruptor dimmer?

Esse tipo de interruptor oferece diversos benefícios, sendo um dos principais deles a economia. Como o dispositivo faz o controle da luminosidade em determinado ambiente, consegue-se regular de forma mais eficiente o gasto de energia elétrica. Dessa maneira, tanto empresas quanto residências podem obter boa economia na conta de luz.

Outra grande vantagem dos dimmers é a possibilidade de utilizar a luminosidade de forma apropriada para o local e a circunstância. Em ambientes como sala de estar ou quarto, por exemplo, em alguns momentos pode ser preciso utilizar toda a capacidade de iluminação disponível — já em outros, apenas uma parte. 

Além disso, ao fazer uso desse dispositivo, ganha-se mais conforto. Ao deixar o ambiente ajustado, pode-se melhorar o bem-estar dos usuários e assegurar mais qualidade de vida. A comodidade também é um ponto importante, já que muitos desses sistemas possuem controle remoto.

Quando usar e como escolher esse dispositivo?

A principal indicação para instalar um dimmer é quando se tem um mesmo ambiente utilizado para diferentes atividades e em vários momentos do dia, e se quer garantir uma intensidade de iluminação adequada. Isso, como vimos, para gerar mais conforto e reduzir o desperdício de energia.

É necessário também levar alguns fatores em consideração para fazer o uso adequado e escolher o dimmer correto para a aplicação. Deve-se observar a tensão do circuito, se é de 127 volts ou 220 volts, se o tipo de lâmpada a ser controlada é incandescente ou dicróica, qual é a potência das lâmpadas e também qual será a quantidade de módulos.

Como vimos, um interruptor dimmer oferece diversas vantagens e pode ser empregado em muitos ambientes. Quando utilizado de maneira correta, gera bastante comodidade aos usuários e contribui para o bem-estar ao longo do dia.  

Gostou do artigo? Aproveite e leia outros textos como esse em nosso blog.



Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.