Manutenção elétrica predial preventiva: dicas essenciais

Manutenção elétrica predial preventiva: dicas essenciais

A manutenção elétrica predial preventiva é fundamental para o bom funcionamento e a segurança de edificações. Tanto prédios residenciais quanto comerciais, novos ou antigos, precisam ter um bom planejamento de manutenções. Também é necessário investir em um controle rígido para garantir a qualidade dos componentes elétricos e evitar contratempos.

Esse tipo de manutenção tem como principal função verificar os itens dos sistemas elétricos e avaliar se tudo está funcionando em perfeitas condições. Ao observar alguma falha, são feitas as substituições necessárias. Além disso, durante o processo, é analisado se há algum fator que possa causar problemas.

Confira, a seguir, três dicas essenciais para uma ótima manutenção elétrica predial preventiva.

1. Estabeleça corretamente a periodicidade de manutenção

Para saber o momento certo de fazer a manutenção elétrica, é preciso levar algumas informações em consideração. Cada tipo de edificação terá uma periodicidade mais apropriada, conforme as condições estruturais, idade da construção e tipo de uso, por exemplo. Nesse contexto, deve-se definir os períodos dessa tarefa pensando em assegurar a integridade do imóvel em questão.

Segundo a NBR 5410, norma que estabelece as condições para funcionamento das instalações elétricas de baixa tensão, para realização da manutenção preventiva é necessário observar as características das instalações. Dessa maneira, é preciso avaliar sua complexidade, importância e influências externas.

De modo geral, quando se trata de indústrias, a manutenção ocorre constantemente e por uma equipe própria, já que o bom funcionamento da rede é fundamental para garantir o desempenho do maquinário e a continuidade da produção. Se falarmos de residências ou comércios, a frequência varia entre cinco e dez anos, dependendo de como o local vem sendo usado, como foi feita a rede e de que época é a construção.

2. Saiba o que verificar na manutenção elétrica predial preventiva

Ao realizar as manutenções prediais, devem ser planejados todos os itens que precisam ser averiguados. Com isso, todos os componentes passarão por uma análise capaz de identificar um possível problema antes mesmo que ele ocorra. Em seguida, serão feitas as trocas e os consertos, garantindo que tudo permaneça em ordem.

Para que o método seja realizado e obtenha-se os benefícios de agir de forma preventiva — impedir panes, identificar os problemas enquanto são pequenos, evitar prejuízos financeiros, entre outros —, é preciso verificar alguns pontos, como:

- Quadros elétricos — é recomendado fazer uma análise das condições do componente. Em casos de prédios antigos, quando o quadro está desatualizado, o ideal é que seja feita a adequação conforme as normas atuais.

- Situação do cabeamento — deve-se verificar o estado dos fios, plugues e tomadas, e se não há desgastes ou ligações feitas incorretamente. Mais uma vez, em se tratando de uma construção antiga, em que a rede foi feita com fios sólidos, é interessante substituí-los por cabos flexíveis, que tornam a manutenção mais fácil.

- Capacidade de carga — com o avanço tecnológico, o uso de aparelhos elétricos aumentou bastante nos últimos anos. Com isso, pode haver a necessidade de modernização para um dimensionamento correto, evitando sobrecargas.

- Dispositivos de segurança — disjuntores e outros equipamentos de segurança também merecem atenção. Quando esses itens estão defeituosos pode acontecer sérios problemas, como surtos de tensão, curto-circuitos e até incêndios. Por isso, a vistoria é essencial.

- Vida útil dos equipamentos — todo equipamento elétrico tem um ciclo de vida próprio. Sendo assim, durante as manutenções, é necessário verificar a validade deles e fazer as devidas substituições.

3. Aposte em materiais de qualidade e respeite as especificações

Para que a manutenção elétrica aconteça conforme o planejado e resultados satisfatórios sejam obtidos, é imprescindível fazer uso de materiais de qualidade e que atendam às especificações técnicas. A durabilidade dos itens, por exemplo, será bem maior na escolha de componentes com alto padrão.

Além de priorizar um trabalho realizado com cuidado e excelência, o eletricista, juntamente ao responsável pelo prédio, deve escolher materiais de um fornecedor de confiança. Dessa maneira, evita-se retrabalhos, despesas extras e riscos à integridade do imóvel e de quem o habita ou frequenta. 

A manutenção elétrica predial preventiva não deve ser negligenciada, pois é uma das formas mais eficazes de manter a segurança da edificação e evitar prejuízos. Seguindo as orientações que apresentamos aqui, você terá ótimos resultados na sua manutenção. 

Aprenda também como fazer a manutenção preventiva elétrica industrial. Aproveite e acesse nosso site para conhecer nossos materiais e saber como podem ser empregados.



Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.