O futuro dos carros elétricos

O futuro dos carros elétricos

Eles são mais econômicos, mais silenciosos e podem ser mais sustentáveis que os automóveis movidos a álcool ou gasolina. No entanto, os carros elétricos ainda não são os mais vendidos. Isso porque ainda são uma novidade, possuem um preço elevado. Porém, a tendência é que daqui a alguns anos eles se tornem mais populares. 

Segundo um relatório da Agência Internacional de Energia (AIE), em 2025, a quantidade de carros elétricos no mundo poderá chegar a 70 milhões de unidades. Além disso, muitos países preparam-se para começar a limitar a circulação de veículos à combustão a partir do ano de 2030. Isso nos revela que os automóveis elétricos são os carros do futuro.

Diante desse cenário promissor para o setor, as montadoras têm investido cada vez mais na fabricação desses veículos. Mas, o que podemos aguardar para os próximos anos? Como será a evolução dessa tecnologia? Continue a leitura e entenda quais são as perspectivas.  

Baterias eficientes e muito mais autonomia

Uma das maiores queixas a respeito dos carros elétricos era com relação à autonomia. O tempo de recarga era muito alto e o veículo não chegava a percorrer 200 quilômetros. Hoje, a situação já é um pouco diferente e a autonomia desses automóveis vem aumentando, sendo que alguns modelos chegam a atingir 600 Km. Além disso, os carregadores ultrarrápidos estão bem mais acessíveis.

Para o futuro, a expectativa é de que as baterias sejam muito mais eficientes. Atualmente, a maioria das baterias é de íons de lítio, porém, nos próximos anos, a tendência é de utilização de outros materiais, como enxofre e lítio metálico. Assim, elas terão melhor tempo de recarga e mais capacidade de armazenamento, permitindo uma autonomia de 1.000 quilômetros.

Preços cada vez mais acessíveis

Embora os carros híbridos estejam ganhando cada vez mais espaço no mercado e, com incentivos fiscais, ficando com preço mais próximo ao dos veículos à combustão, os 100% elétricos ainda têm valor elevado. Isso se dá pelo fato da baixa produção atual, quando os comparamos aos modelos convencionais.

No entanto, podemos esperar uma queda significativa no preço. Daqui a alguns poucos anos, os carros movidos à energia elétrica serão em maior número do que os movidos à combustão, fazendo com que ocorra essa diminuição do valor. 

Outro fator importante para que os valores fiquem mais acessíveis é a queda nos preços da bateria, o que traz um grande impacto para o consumidor final, uma vez que elas representam aproximadamente dois quintos dos custos totais do carro. 

Implementação da recarga por indução

Além das baterias mais eficientes e da melhoria dos preços, outro ponto bastante importante a se destacar nos veículos elétricos é o avanço da tecnologia com relação à recarga. Esse quesito vem colaborar para que cada dia mais os carros elétricos ganhem destaque e tornem-se uma opção bem mais vantajosa. 

Nessa nova tecnologia, o sistema de recarga acontece sem fio, com o carro em repouso. A tendência é de que no futuro sejam implantadas várias estações de recarga por indução, dando adeus aos cabos e plugues e dispensando a necessidade de padronizar as tomadas. 

Outras vantagens desse sistema são a possibilidade de abastecimento de mais carros, em menos tempo, na mesma estação; diminuição da dificuldade de acoplamento; e garantia de um sistema mais limpo e totalmente autônomo.

Os próximos anos representarão um importante momento de virada na evolução e na popularização dos carros elétricos. Conforme os fabricantes forem investindo em tecnologias para tornar a experiência do usuário melhor, esses veículos ganharão mais espaço. 

Gostou do conteúdo e quer saber mais? Acesse nosso blog e entenda como a ABB está presente no avanço da mobilidade elétrica.



Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.