Arquitetura: 5 orientações para uma cidade autossuficiente
Arquitetura e Design

Arquitetura: 5 orientações para uma cidade autossuficiente

07.05.2021

Viver em uma cidade com o máximo de eficiência e sustentabilidade é o desejo de muitas pessoas. Principalmente de uns tempos para cá, percebeu-se a importância dos serviços e recursos essenciais e como, em tempos de crise, isso pode ser prejudicado pela dependência externa. Morar em um local com uma arquitetura capaz de suprir as necessidades dos próprios moradores torna-se, então, bastante interessante.

Sendo assim, uma ótima alternativa seria residir em uma cidade autossuficiente. Esse modelo urbano, que deve acompanhar as mudanças do mundo, envolve mais do que a autossuficiência em recursos. Ele abrange formas de proporcionar conforto e bem-estar a seus moradores. Muitos desafios estão surgindo para as cidades atuais e, diante disso, é preciso encontrar um novo caminho. 

É necessário pensar em projetos que abordem temas como desigualdade, crise climática, falta de acesso à habitação, entre outros problemas. Pensando nisso, o Space 10, um laboratório de pesquisa e design com foco na vida dos seres humanos do futuro, desenvolveu o livro “The Ideal City - Exploring Urban Futures” com o intuito de inspirar projetos de cidades autossuficientes. 

Quer entender mais sobre o assunto? Confira os cinco princípios, tratados no livro, que toda cidade precisa seguir para tornar-se uma cidade do futuro.

1. Engenhosa

O primeiro ponto trazido pelo livro é o fato de a cidade ser inventiva, ou seja, um local com muitos recursos. Dessa maneira, ela se torna ecológica e economicamente sustentável. Sua engenhosidade envolve todos os meios que os habitantes precisam para sua manutenção, priorizando os circuitos fechados de água, nutrição, material e energia.

Nesse tipo de cidade, os próprios resíduos tornam-se recursos, evitando desperdícios. Apesar de dedicar-se à valorização e à preservação ambiental, ela não deixa de crescer, mas promove o desenvolvimento que os humanos e demais seres necessitam para sua subsistência.

 

2. Acessível

Outra característica que as cidades do futuro possuem é a acessibilidade. Diversidade, inclusão e igualdade são levados a sério. Quer-se com isso garantir o bem-estar urbano para todos, independentemente de gênero, etnia, idade, religião etc.

Além disso, o acesso aos serviços básicos de saúde, educação, lazer, cultura e esporte, assim como a empregos, deve ser facilitado e sem distinção. Inclusive, as tomadas de decisão devem envolver a comunidade, que contará com um governo transparente.

 

3. Compartilhada

Temos visto como a economia compartilhada tem se desenvolvido e como ela é vantajosa. Nas cidades do futuro, essa ideia não poderia faltar, afinal, ela ajuda a promover um senso de comunidade, união e colaboração. E isso é muito importante para o bem-estar da população.

Sendo assim, as cidades do futuro são projetadas para promover interações sociais em espaços públicos, além do trabalho coletivo, da convivência e do transporte público, priorizando instalações compartilhadas. Além disso, é incentivado o agrupamento de habilidades, tecnologias e iniciativas.

 

4. Segura

Na cidade autossuficiente, são pensadas todas as condições necessárias para que as pessoas se sintam seguras e tenham qualidade de vida. A engenharia e a arquitetura preocupam-se em criar locais que forneçam proteção com relação aos eventos climáticos, desde inundações até acontecimentos mais severos.

A sensação de segurança vai ainda além. Ela abrange formas de prevenção e reabilitação do crime, envolve a tranquilidade de acesso à saúde e até o contato com a natureza. Dessa maneira, promove-se o bem-estar físico e mental.  

 

5. Desejável

Além dos outros quatro pontos apresentados, a arquitetura trabalha para tornar o ambiente desejável na cidade do futuro. As pessoas precisam ter prazer em estar nesse lugar. Tudo que o ser humano precisa para se sentir satisfeito em uma cidade deve fazer parte do projeto.

Na cidade do futuro, a curiosidade, a admiração e a descoberta são incentivados. Essa promoção se dá por meio de uma vida pública interessante, com acesso à cultura, à arte, ao aprendizado, ao relaxamento, entre outros benefícios. 

Viver em uma cidade autossuficiente está cada vez mais entre os desejos da população mundial. Profissionais responsáveis pelo desenvolvimento urbano têm cada vez mais incluído essas ideias em seus projetos. O mundo está evoluindo e a arquitetura deve acompanhar essas mudanças, proporcionando qualidade de vida para as pessoas e preservando os recursos naturais.

 

Agora que você já entendeu quais são as principais orientações para uma cidade autossuficiente, aproveite e conheça os principais tipos de projetos na arquitetura

Tags

Arquitetura

Autor

Abel Santos

Olá! Você ainda não me conhece? Muito prazer, eu sou o Abel Santos, parceiro da ABB Eletrificação e estou aqui para te ajudar a saber mais sobre todo o portfólio de produtos de Eletrificação, do Residencial ao Industrial! Confira os conteúdos exclusivos compartilhados aqui no Blog!

Informações sobre ABB

A Divisão de Eletrificação é líder mundial em produtos e soluções elétricas, opera em mais de 100 países, com mais de 200 locais de fabricação. Mais de 55.000 colaboradores estão dedicados a uma promover eletrificação segura, inteligente, sustentável e um futuro com zero emissões. Eletrificação está estruturada em 5 unidades de negócios que compõem o portfólio completo de produtos e soluções:

Distribution Solution, que contempla o portfólio de Média Tensão estão: painéis certificados, disjuntores, chaves e relés de média tensão, além de soluções para subestações de energia.

Smart Power por sua vez contempla o portfólio de produtos e soluções de Baixa Tensão, focado no fornecimento de soluções para a indústria: disjuntores, produtos de segurança, manobra e controle.

A unidade de Smart Buildings tem como missão fornecer produtos e soluções residenciais e prediais que apoiem na segurança e automatização da sua casa ou escritório, como por exemplo minidisjuntores, quadros elétricos, interruptores e tomadas e a linha de automação residencial KNX.

A unidade de E-mobility fornece as soluções mais modernas do mercado para carregamento veicular, fornecendo recarga de carros particulares a utilitários elétricos.

Para finalizar a unidade de Serviços, responsável pelo atendimento de reparo e manutenção de produtos do portfólio.

O amplo portfólio de produtos e soluções atendem as diversas demandas, do residencial ao industrial, distribuição de energia inteligente para serviços públicos, indústria, infra-estrutura e transporte.
© Razão Social: ABB Eletrificação Ltda | CNPJ: 33.449.988/0001-20
Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.