Preços para: Informe o seu CEP
Saiba qual é a hora certa de trocar o seu minidisjuntor
Profissionais da Elétrica, Eletrificação

Saiba qual é a hora certa de trocar o seu minidisjuntor

26.05.2022 | 6 minutos de leitura

As instalações elétricas contam com vários dispositivos de segurança criados com o objetivo de proteger o sistema contra curtos-circuitos e sobrecargas. Um deles é o minidisjuntor. 

Desse modo, um aspecto importante do equipamento é que ele tem a dupla função de proteção e alerta de que algo está errado na instalação elétrica, quando ocorrem quedas repentinas e frequentes. Pensando nisso, acompanhe as informações presentes no artigo a seguir para conhecer os detalhes do produto e quando é necessário fazer a substituição dele.

O que são minidisjuntores?

É preciso esclarecer que os minidisjuntores são dispositivos que têm a capacidade de interromper determinada quantidade de corrente. Amplamente utilizados nas instalações elétricas de baixa tensão. Vale ressaltar que a ABB possui minidisjuntores com capacidade de suportar curto-circuitos de até 100kA, os mesmos são de acordo com a IEC/EN 60947-2.

Cabe esclarecer que as intensidades de corrente citadas fazem parte das recomendações feitas pela norma NBR IEC 60898/2004. O documento estabelece as regras de funcionamento dos disjuntores para proteção de sobrecorrentes em instalações domésticas e similares.  

Dessa maneira, os minidisjuntores são destinados à proteção contra sobrecorrentes das instalações elétricas de edifícios e aplicações similares. Em outras palavras, esses dispositivos funcionam como uma “chave” que liga e desliga a energia, ou como as chaves de segurança existentes nos painéis e quadros de distribuição. 

Quando devo trocar o minidisjuntor?

Inicialmente, é preciso identificar o problema existente no dispositivo para realizar a troca. Nesse caso, duas condições mais comuns podem identificar contratempos no equipamento. 

A primeira é quando o minidisjuntor não permanece ligado, mesmo quando acionado. Se a energia elétrica estiver chegando até o dispositivo (verificação feita com chave medidora), mas não está saindo dele, isso pode significar que está queimado. 

Já se houver desarmamento frequente é sinal de que o equipamento está com alguma interferência, por exemplo, um defeito mecânico na trava de acionamento. Contudo, é importante ressaltar que essa situação alerta para outras irregularidades na instalação elétrica. 

Vale reforçar que a troca do dispositivo deve ser realizada por um profissional habilitado, a fim de evitar procedimentos errados ou equipamentos de capacidade diferente. Um alerta importante é manter os parafusos dos fios bem apertados, do contrário pode resultar em mau contato e superaquecimento da fiação.  

Quais são os tipos de disjuntores mais utilizados?

Depois de saber mais detalhes sobre o minidisjuntor e compreender quando é necessário realizar a troca do equipamento, é importante conhecer as modalidades mais empregadas nas instalações elétricas. Acompanhe!

  • Disjuntores térmicos: o processo de funcionamento é feito pela deformação de uma lâmina bimetálica que, ao ser submetida a uma situação de sobrecarga, sofre aquecimento intenso e aciona um dispositivo que secciona o circuito protegido. 
  • Disjuntores magnéticos: esse modelo é constituído por uma bobina que, ao ser atingida por uma intensa corrente elétrica, movimenta um contato seccionando o circuito instantaneamente. Por essa característica, é altamente recomendado para proteção contra curtos-circuitos. 
  • Disjuntores termomagnéticos: reúne os benefícios da proteção térmica e magnética. Desse modo, protege contra sobrecargas e curtos-circuitos. 

Tecnologia em minidisjuntores

Considerando a importância de adquirir produtos confiáveis e de qualidade, a ABB lançou a série System pro M compact, idealizada para oferecer dispositivos de proteção com limitação de sobrecorrente. Os itens estão disponíveis em duas versões de disparos: o térmico, com atraso para proteção contra sobrecarga, e o magnético, para proteção contra curtos.

Esses modelos de minidisjuntores ainda apresentam diferentes curvas, configurações, capacidades de interrupção e correntes nominais. Todos os produtos estão em conformidade com as normas mundiais indicadas para residências, comércios e indústrias. 

Além disso, existe uma linha de minidisjuntores de alta performance (S800 e S500) para atender às necessidades de indústrias com operações pesadas. Com capacidade para substituir a maioria dos fusíveis da rede elétrica, esses dispositivos podem ser aplicados em vários casos, desde instalações prediais até transportes e energias renováveis. 

Definitivamente, os minidisjuntores têm uma atuação fundamental nas instalações elétricas por protegerem as estruturas contra sobrecargas e circuitos elétricos. Por isso, é importante ficar atento a qualquer alteração no funcionamento deles e contar com profissionais habilitados para solucionar possíveis interferências. 

Gostou do artigo? Então acesse o blog da ABB e confira outros conteúdos relacionados a dispositivos elétricos. Clique no link e fique bem informado.

Tags

energia elétrica
eletricidade
Energia
disjuntor

Autor

Abel Santos

Olá! Você ainda não me conhece? Muito prazer, eu sou o Abel Santos, parceiro da ABB Eletrificação e estou aqui para te ajudar a saber mais sobre todo o portfólio de produtos de Eletrificação, do Residencial ao Industrial! Confira os conteúdos exclusivos compartilhados aqui no Blog!

Informações sobre ABB

A Divisão de Eletrificação é líder mundial em produtos e soluções elétricas, opera em mais de 100 países, com mais de 200 locais de fabricação. Mais de 55.000 colaboradores estão dedicados a uma promover eletrificação segura, inteligente, sustentável e um futuro com zero emissões. Eletrificação está estruturada em 5 unidades de negócios que compõem o portfólio completo de produtos e soluções:

Distribution Solution, que contempla o portfólio de Média Tensão estão: painéis certificados, disjuntores, chaves e relés de média tensão, além de soluções para subestações de energia.

Smart Power por sua vez contempla o portfólio de produtos e soluções de Baixa Tensão, focado no fornecimento de soluções para a indústria: disjuntores, produtos de segurança, manobra e controle.

A unidade de Smart Buildings tem como missão fornecer produtos e soluções residenciais e prediais que apoiem na segurança e automatização da sua casa ou escritório, como por exemplo minidisjuntores, quadros elétricos, interruptores e tomadas e a linha de automação residencial KNX.

A unidade de E-mobility fornece as soluções mais modernas do mercado para carregamento veicular, fornecendo recarga de carros particulares a utilitários elétricos.

Para finalizar a unidade de Serviços, responsável pelo atendimento de reparo e manutenção de produtos do portfólio.

O amplo portfólio de produtos e soluções atendem as diversas demandas, do residencial ao industrial, distribuição de energia inteligente para serviços públicos, indústria, infra-estrutura e transporte.
© Razão Social: ABB Eletrificação Ltda | CNPJ: 33.449.988/0001-20
Copyright © 2013-presente Magento, Inc. Todos os direitos reservados.